#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Chape sofre gol aos 48' do 2° Tempo e o Urawa Reds vence a Copa Suruga 2017

A Chapecoense entrou em campo para decidir a Copa Suruga 2017, diante do japonês Urawa Reds, no estádio Saitama 2002, na manhã desta terça-feira, e sofreu um gol de pênalti no final, marcado por Abe, perdeu por 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato. A Chape embolsou 60 mil dólares, enquanto os japoneses receberam 200 mil dólares. Agora pressionado, afinal não vence uma partida desde 23 de julho, o clube retorna ao Brasil para enfrentar o Palmeiras, no Palestra Itália, às 19h (de Brasília) do próximo domingo. Atualmente, o time comandado por Vinícius Eutrópio está na zona de rebaixamento com 22 pontos ganhos.
O cunho decisivo da partida não impediu que os japoneses demonstrassem toda solidariedade à Chapecoense por conta da tragédia de 29 de novembro. Antes da partida, foram exibidas no telão imagem dos brasileiros que atuaram no futebol do país: Cleber Santana, Thiago, Kempes, Caio Jr. e Arthur Maia. A J-League fez ainda uma doação em dinheiro de 10.685.919 ienes, cerca de R$ 310 mil, arrecadados para reconstrução do clube.
Homenagem Kempes Copa Suruga.
Um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento do futebol do Japão, Zico foi convidado pela organização da Copa Suruga para acompanhar o duelo entre Chapecoense e Urawa Red Diamonds e também recebeu homenagem. O brasileiro foi ao gramado antes da partida e recebeu uma placa, sendo ovacionado pelo público.
Zico homenagem da J-League na Copa Suruga.
No primeiro tempo, depois de deixar a Chape propor o jogo no início da partida, os japoneses encurralaram e atuaram no campo de ataque, mas foram uma equipe previsível nas ações ofensivas e não obrigaram Jandrei a grandes defesas. Na segunda etapa, a Chapecoense ocupou mais o meio-campo. Aos 13 minutos, os brasileiros tiveram a primeira grande chance: Arthur foi lançado, bateu de canhota, e Enomoto defendeu. No rebote, o próprio jogador, sem ângulo, mandou para fora. As duas equipes passaram a apostar na bola aérea para abrir o placar. Foram muitos cruzamentos ruins e muitas faltas duras, de ambos os lados e o confronto se encaminhava para os pênaltis. Aos 42 minutos, Lucas Marques vacilou na entrada da área e a bola sobrou para Ljubijankic. O atacante fazia a proteção quando foi derrubado por Douglas Grolli, penalidade. Os atletas brasileiros reclamaram bastante, o árbitro cogitou voltar atrás, mas, depois de cinco minutos de paralisação, o capitão Abe foi para a cobrança e fez. Jandrei até pulou para o mesmo canto, mas não conseguiu evitar o gol. Ainda um último lance dos visitantes. Forte na bola pelo alto, Luiz Otávio foi acionado por Vinícius Eutrópio, no lugar de Luiz Antonio, e a equipe brasileiro pressionou em busca do gol que não veio e os japoneses ficaram com  o título.

Foto: Toshifumi Kitamura/AFP

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply