#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Dorival saca Jucilei: "Ele e o Petros estão ocupando o mesmo espaço do campo"

O São Paulo está escalado para enfrentar o Cruzeiro, neste domingo, às 11 horas (de Brasília), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. No treinamento da manhã de sexta-feira, o técnico Dorival Júnior confirmou o time titular. O treinador escalou a equipe titular com Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Éder Militão; Marcinho, Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Lucas Pratto, no esquema 4-1-4-1.
Serão três mudanças em relação ao time que perdeu para o Bahia, no último domingo, portanto: saíram Jucilei (opção técnica), Araruna (lesão) e Cueva (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) para as entradas de Rodrigo Caio (livre de suspensão), Buffarini e Marcos Guilherme, respectivamente. Assim, Militão, que havia jogado como zagueiro em Salvador, assumiu a função de primeiro volante no 4-1-4-1 de Dorival, que preteriu o 4-2-3-1, esquema utilizado nos sete jogos anteriores. Na nova formação, Petros foi adiantado para compor a linha ofensiva de quatro armadores, que tem como novidade a entrada de Marcos Guilherme na ponta esquerda.
Dorival utilizou a metade de um dos campos do CCT da Barra Funda para posicionar apenas os titulares para um trabalho tático, que foi paralisado diversas vezes para o técnico transmitir instruções acerca das movimentações ofensiva e defensiva, sendo realizado praticamente sem bola. Em coletiva concedida após o treino, Dorival Júnior explicou as mudanças: “É uma tentativa em razão daquilo que tenho observado, de tentar fazer um time com uma dinâmica diferente. Quero adiantar alguns jogadores, mudar um pouco a função de alguns outros. A equipe tinha feito bons jogos, mas não alcançou os resultados. Isso faz a gente observar algumas mudanças. O Jucilei é um atleta qualificado, conversei bastante com ele, tenho muita confiança nele. É apenas um momento, uma situação para tentar melhorar a equipe, buscando soluções a curto prazo”, acrescentou, antes de fazer as explicações tática da troca. Estou sentindo uma dificuldade do Jucilei estar junto com o Petros. Eles estão ocupando o mesmo espaço do campo, facilitando marcações e, às vezes, estamos tendo problemas na saída de jogo, justamente por ocupação do mesmo espaço. Com jogador de característica diferente do Jucilei, espero que consigamos acertar, adiantando Petros. Talvez conseguíssemos fazer isso com Jucilei, mas o Militão vem fazendo trabalho excelente e tem oportunidade. Não é saída definitiva, é tentativa para tentar mudar o que não vem acontecendo. Jucilei trabalhou com muita intensidade, com muitas correções e pode voltar a qualquer momento pelas qualidades que possui”, encerrou.

Foto: Marcelo Ferrelli

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply