#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » "Profeta é profeta neh pai": Com dois gols de Hernanes, São Paulo vence Cruzeiro

Na manhã desse domingo, com uma virada dramática em cima do Cruzeiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi diante de 56.052 torcedores – novo recorde do campeonato – o São Paulo venceu por 3 a 2. A vitória quebra a série negativa do Tricolor e a sequência positiva dos mineiros. Provisoriamente na 16ª colocação, com 22 pontos, o São Paulo deixa a zona de rebaixamento. Já o Cruzeiro perde a chance de entrar no G6, estaciona nos 27 pontos, e pode perder o sétimo lugar na tabela de classificação até o fim da rodada. O São Paulo não deixou passar em branco o dia dos pais. Cada jogador entrou em campo ao lado de seu tutor. No próximo domingo, uma nova final ao Tricolor, dessa vez contra um adversário direto; o Avaí, na Ressacada. No mesmo dia, o Cruzeiro recebe o Sport no Mineirão.
Renan Ribeiro cometeu pênalti em Sassá logo aos 11 minutos. Sorte do arqueiro que o camisa 99, depois de muita firula, acertou a trave. No último lance antes do intervalo, Hernanes, em linda cobrança de falta, abriu o placar para o Tricolor. Na segunda etapa, Dorival Júnior resolveu atender o pedido da torcida e colocou Jucilei na vaga de Militão. Mas em 11 minutos o Cruzeiro viraria o jogo. Primeiro Sassá aproveitou sobra dentro da área e, de voleio, compensou seu pênalti perdido. Depois, Rodrigo Caio falhou feio dentro da área, com a bola dominada, e o centroavante cruzeirense não desperdiçou a chance: 2 a 1. As oportunidades apareceram, mas o time de Mano Menezes cometeu o pecado de não matar o jogo. Até que Arboleda subiu mais alto que todo mundo em cobrança de escanteio pela direita de Hernanes e deixou tudo igual, colocando o Tricolor de volta aos eixos. O time acordou, Dorival mandou Gilberto e Denilson para campo e, aos 36, o camisa 17 sofreu pênalti. Contestado pelos visitantes. Diferente de Sassá, Hernanes não vacilou e sacramentou a virada no Morumbi. Os últimos minutos foram de um Cruzeiro desesperado, já com Thiago Neves e Henrique em campo, contra um São Paulo revigorado, vibrando com cada bico para a lateral. Quando o apito final do árbitro soou mais alto do que qualquer voz no Morumbi, a festa ficou completa para os são-paulinos, que respiraram aliviados e voltaram para casa fora da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 2 CRUZEIRO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de agosto de 2017, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino (ambos do PR)
Cartões amarelos: SÃO PAULO: Lucas Pratto (2), Lugano. CRUZEIRO: Léo, Ezequiel, Bryan, Digão (2)
Cartões vermelhos: SÃO PAULO: Lucas Pratto. CRUZEIRO: Digão.
Público: 56.052 torcedores
Renda: R$ 1.623.971,00.

GOLS:
SÃO PAULO: Hernanes, aos 46 minutos do 1T e aos 36 minutos do 2T, e Arboleda, aos 26 minutos do 2T.
CRUZEIRO: Sassá, aos 6 e aos 11 minutos do 2T.

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Buffarini (Denilson), Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Éder Militão (Jucilei); Marcinho, Petros (Gilberto), Hernanes e Marcos Guilherme; Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel (Rafinha), Leo, Digão e Bryan; Hudson (Henrique), Nonoca (Thiago Neves), Robinho e Alisson; Rafael Sobis e Sassá
Técnico: Mano Menezes

Foto: Sergio Barzaghi

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply