#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Vitória do ultimão: Atlético-GO tira três pontos do Corinthians em Itaquera

Na noite deste sábado, o Corinthians recebeu o Atlético-GO, mas perdeu por 1 a 0. Apesar da derrota inesperada, a situação do Corinthians na tabela de classificação ainda é confortável. São 10 pontos de vantagem para o segundo colocado Grêmio (50 a 40), que só entrará em campo no sábado que vem, contra o Sport, em Porto Alegre. O Corinthians terá bastante tempo para se reabilitar emocionalmente do gol marcado pelo zagueiro Gilvan, com uma cabeçada após cobrança de escanteio, no início do segundo tempo. Como o Campeonato Brasileiro será paralisado em meio às próximas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo, o líder voltará a jogar apenas em 10 de setembro, diante do Santos, na Vila Belmiro. O Atlético-GO enfrentará o Bahia no dia seguinte, no Olímpico de Goiânia. O último colocado, agora com cinco vitórias na competição nacional, passou a computar 18 pontos e continua com chances remotas de se salvar da queda para a Série B.
O Atlético-GO obrigava o Corinthians a rodar a bola de um lado a outro do gramado, à procura de espaços para incomodar o goleiro Marcos. O time de Fábio Carille, então, recorria ao que o técnico prefere evitar – levantamentos na área. Aos 18 minutos, Kazin ganhou pelo alto após Clayson erguer a bola da esquerda e deixou Fagner livre para abrir o placar na entrada da pequena área. O lateral direito concluiu para fora. O Corinthians só não foi vazado pelo lanterna ainda na etapa inicial em função de uma boa intervenção de Cássio. Jorginho buscou o canto em uma cabeçada, depois do cruzamento de Andrigo, e o goleiro da Seleção Brasileira se esticou para defender aos 31 minutos.
Aos 35, Fagner cruzou do bico da área, e Kazim desferiu uma testada na bola, que subiu demais. Dois minutos mais tarde, o lateral direito seguiu o exemplo de alguns dos seus companheiros e resolveu arriscar o chute de longa distância. Acertou a trave.
Fábio Carille mudou o Corinthians no intervalo. Trocou Gabriel por Camacho. Só não esperava que o prejuízo de sua equipe se tornasse ainda maior logo aos dois minutos. Bruno Pacheco cobrou escanteio na área, e Gilvan se antecipou a Kazim para desviar a bola e fazer a alegria do Atlético-GO em Itaquera. Kazim não recebeu perdão já na primeira de uma série de falhas no ataque. Assim como o pouco objetivo Clayson. Moisés, também pela força do hábito, era outro criticado. Aos 13 minutos, Clayson teve a grande chance de marcar após Marcos dar rebote em cabeçada de Rodriguinho. Livre, ele mandou para fora. Pouco depois, o goleiro salvou o Atlético-GO em um chute de Kazim, cara a cara. Carille decidiu mexer no seu ataque. O primeiro a entrar foi Marquinhos Gabriel, no lugar do desgastado Jadson. O segundo era quem a torcida queria – o jovem centroavante Carlinhos fez a sua estreia na vaga de Moisés, empurrando Maycon para a lateral esquerda. O Corinthians se expôs completamente em busca de, no mínimo, um empate. Com o passar do tempo, a equipe e a torcida tinham menos calma na esperança de se desvencilhar da retranca do Atlético-GO.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 1 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 26 de agosto de 2017, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Público: 40.581 pagantes (total de 40.811)
Renda: R$ 2.405.425,90
Cartões amarelos: Igor, Andrigo, Marcos, Walter e Paulinho (Atlético-GO)
Gol: ATLÉTICO-GO: Gilvan, aos 2 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Moisés (Carlinhos); Gabriel (Camacho), Maycon, Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Clayson; Kazim
Técnico: Fábio Carille

ATLÉTICO-GO: Marcos; Jonathan, William Alves, Gilvan e Bruno Pacheco; Igor (Marcão Silva), Paulinho (Everton Heleno), Luiz Fernando (Niltinho), Jorginho e Andrigo; Walter
Técnico: João Paulo Sanches

Foto: Sergio Barzaghi

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply