#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Majestoso termina empatado no Morumbi para público recorde na temporada

São Paulo e Corinthians ficaram no empate por 1 a 1, com Petros abrindo o placar na etapa inicial em falha de Cássio. Clayson empatou para os visitantes em falha de Junior Tavares.
Os são-paulinos lotaram seu estádio mais uma vez e tinham a oportunidade de saltar na tabela de classificação. Com 28 pontos, ao menos o time deixou a zona de rebaixamento de forma provisória. Já o alvinegro, com 54 pontos, mantém dez à frente do segundo colocado, o que só o Grêmio ainda pode mudar nessa 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um ponto para cada lado, as situações das duas equipes não se altera muito. Ainda na briga contra o rebaixamento, o São Paulo volta a campo no próximo domingo, de novo no Morumbi, para receber o Sport. Já o Corinthians, líder com certa folga, visitará o Cruzeiro no Mineirão.
Nos primeiros minutos o São Paulo encurralou o Corinthians em seu campo de defesa com uma marcação alta e bom toque de bola. O camisa 10 apimentou ainda mais o clima com um belo chapéu em cima de Maycon. Jadson sofreu pelo lado esquerdo, principalmente porque Petros também resolveu se lançar por ali. E foi justamente o camisa 6, teoricamente o único cão de guarda do meio de campo tricolor, que acabou surpreendendo. Aos 27, em um chute despretensioso da direita, o ex-corintiano pegou Cássio. O goleiro alvinegro parecia não estar pronto para a finalização e acabou vendo a bola balançar a sua rede. Antes do intervalo, Hernanes ainda enfileirou a marcação do Corinthians e por pouco não marcou um golaço. 
Fábio Carille sacou Jadson, mais uma vez muito mal, e mandou a campo Marquinhos Gabriel. O volume do Corinthians até melhorou, as triangulações começaram a aparecer, mas o Corinthians seguia sem levar perigo real ao gol de Sidão. Em vantagem, o contra-ataque passou a ser a principal arma do São Paulo. Foi dessa forma que Hernanes obrigou Cássio a trabalhar e manteve o Morumbi elétrico. Toda essa euforia, porém, virou revolta pouco depois com o gol anulado de Militão por causa de falta de Pratto no goleiro corintiano. O São Paulo sobrava em campo. Quando a bola chegou a Romero dentro da área, com liberdade, a esperança alvinegra se perdeu com o domínio errado do paraguaio. Era hora de mudar. Lucas Fernandes dei lugar a Denilson e, em seguida, Cueva, muito aplaudido, teve a vaga ocupada por Jucilei. Carille respondeu com Clayson no lugar de Gabriel. Quando os donos da casa era soberanos, Júnior Tavares acabou perdendo uma bola de forma infantil para Rodriguinho dentro da área. O meia cruzou para Romero, que só não marcou graças a boa defesa de Sidão. No rebote, porém, o goleiro nada pôde fazer no canudo emendado por Clayson. Um golaço do jovem atacante, que caiu como um balde de água fria no lotado Morumbi.
O empate fez Carille reposicionar sua equipe com Camacho na de Romero. Por outro lado, Maicosuel foi a campo para a saída de Marcos Guilherme. Satisfeito com o empate na casa do rival e depois de um desempenho muito aquém do que já apresentara no primeiro turno, o Corinthians soube administrar os minutos finais do Majestoso. Já sem a mesma organização, o São Paulo até buscou o gol da vitória na base da pressão, mas, quando conseguiu chegar, foi em bola parada. E aí, brilhou a estrela de Cássio, que falhou no primeiro tempo, mas salvou o Timão da derrota.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de setembro de 2017, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa (ambos do RJ)
Cartões amarelos: SÃO PAULO: Júnior Tavares, Lucas Fernandes. CORINTHIANS: Gabriel, Balbuena, Rodriguinho, Clayson
Público: 61.142 pessoas
Renda: RS 1.719.056,00

GOLS:
SÃO PAULO: Petros, aos 27 minutos do 1T
CORINTHIANS: Clayson, aos 32 minutos do 2T

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Robert Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme (Maicosuel), Hernanes, Christian Cueva (Jucilei) e Lucas Fernandes (Denilson); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel (Clayson), Maycon, Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Romero (Camacho); Jô
Técnico: Fábio Carille

Foto: Sergio Barzaghi

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply