#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » "Não vejo uma equipe mais prejudicada ou mais beneficiada pela arbitragem"

O goleiro Cássio, do Corinthians, quase sempre com um sorriso no rosto e a voz mansa, na tarde desta terça-feira, voltou a defender que sofreu falta no gol anulado do lateral direito Éder Militão e desdenhou as queixas generalizadas ao quadro de árbitros do Campeonato Brasileiro.

O lance do gol anulado do São Paulo

“Foi falta, sim. Falaram muito que caí de modo espalhafatoso. Discordo. Revi o lance. Estava mirando a bola, me choquei com o Pratto e caí. Se ele não estivesse lá, eu teria feito a defesa. Ele atrapalhou a minha saída. Foi falta. Cada um tem a sua opinião. Não estou aqui para julgar. Respeito todos. Posso falar por mim: fui na direção da bola, não mirando no jogador adversário. Tanto é que o árbitro apitou antes mesmo de o Militão ter feito o gol.”

Arbitragem e o Corinthians

“Estão falando dos árbitros, pessoas que não tem nada a ver conosco. Pode ser para desestabilizar a nossa equipe, o que não vai acontecer. Chegamos à liderança por méritos, com trabalho e dedicação. Estamos enfrentando muitas críticas desde o começo da temporada. Concordo que existam erros, mas são para todos os lados. Não vejo uma equipe mais prejudicada ou mais beneficiada”

Declarações de Petros

“O Petros sempre gostou de falar. Quando estava aqui, já falava bastante. É uma figura, que conheço há um bom tempo. Cada um fala o que pensa. Não vi dessa maneira. O São Paulo foi um pouco superior no primeiro tempo. O Corinthians, no segundo. Foi um clássico bem disputado. No final das contas, o resultado foi justo”

São Paulo como maior rival

“O rival de todos é o Corinthians. Hoje, o nosso passou a ser o São Paulo. Criou-se muita rivalidade nos últimos anos. Quando cheguei, achava que a rivalidade maior era com o Palmeiras. No momento, Corinthians e São Paulo é o maior clássico para nós”

Foto: Sergio Barzaghi

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply