#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Lewis Hamilton, da Inglaterra, vence o GP do Japão de F1

Lewis Hamilton deu um passo importante rumo ao título de 2017. O inglês se mostrou forte nas 53 voltas do GP do Japão e venceu pela oitava vez neste ano. Mas o que realmente o coloca agora em uma situação ainda mais confortável é que Sebastian Vettel, o maior rival, não completou a corrida. Assim, a vantagem de 34 pontos sobe para 59, restando quatro etapas para o fim. O brasileiro Felipe Massa terminou a prova nipônica na décima colocação​. Hamilton fez valer a pole e só não esteve na ponta durante a fase de pit-stops. Foi veloz quando necessário e cauteloso quando precisou lidar com o ímpeto de Max Verstappen, que, uma vez mais, esbanjou agressividade. O GP do Japão deste domingo (8), então, testemunhou a oitava vitória do #44 na temporada e a 61ª de uma carreira que agora se aproxima do tetracampeonato. Na tabela, são 59 pontos de vantagem para Vettel.O pódio ainda teve Daniel Ricciardo. Valtteri Bottas completou o top-5, enquanto o brasileiro Felipe Massa terminou em décimo.
O GP do Japão começou com temperaturas mais altas do que nos dois últimos dias. Pole, Lewis Hamilton saltou melhor que Sebastian Vettel e já foi trazendo o carro para dentro, na tentativa de neutralizar qualquer ataque posterior do alemão, que se conformou com a segunda colocação. Atrás dos dois, Max Verstappen partiu em linha reta e assim se foi até a curva 1. A tática deu certo e rendeu ao holandês a posição de Daniel Ricciardo, que acabou ficando refém de um atrevido Esteban Ocon, que ainda aprontaria nos metros seguintes. Mais atrás, Nico Hülkenberg também endureceu a disputa com Kimi Räikkönen, forçando o finlandês a escapar da pista e cair no pelotão. Ainda na largada, Carlos Sainz perdeu a traseira da Toro Rosso já na saída da primeira curva e foi parar na brita, abandonando em seguida, o que forçou a entrada do safety-car logo de cara. Vettel se via já sem potência - pouco antes da largada, a Ferrari precisou mexer no motor do carro, mas, até aquele momento, acredita-se que o problema havia sido resolvido - e foi perdendo posições, caindo para sexto. Enquanto isso, Sainz, com o carro na barreira de pneus, agradecia o tempo passado com a equipe italiana. O espanhol, a partir do GP dos EUA, já vai defender a Renault. Vettel vinha andando lento, lento, depois de escapar na curva Degner e ser ainda ultrapassado por Massa. Não demorou nada, e o tetracampeão acabou levando a Ferrari de volta aos boxes. Era o fim da corrida para o alemão. Minutos depois, a Ferrari explicou que uma falha na vela de ignição do motor havia provocado o abandono. Na oitava passagem, Ericsson escapou também na Degner e foi parar lá na barreira de proteção, o que exigiu a ação do safety-car virtual para a retirada da Sauber do sueco. A interrupção durou apenas dois giros - tempo suficiente para a McLaren fazer a troca de pneus no carro de Vandoorne. Hamilton comandava o pelotão e vinha tentando abrir vantagem para Verstappen. 
Na parte final da corrida, Stroll sofreu um furo no pneu direito dianteiro e passou reto no final dos esses. E por pouco não atingiu a Red Bull de Ricciardo. O canadense encostou o carro na área de escape, e a direção de prova precisou acionar o safety-car virtual na volta 47. 
 A relargada aconteceu a três voltas do fim, e Hamilton se viu às voltas com retardatários, o que deu um certo ar de drama nos últimos giros, porque aí Verstappen aproveitou e tentou o ataque. Mas o inglês se defendeu bem e partiu para o triunfo. O oitavo do ano e o que o coloca mais perto do quatro mundial na F1. A maior das categorias agora volta daqui a duas semanas, com o GP dos EUA, em Austin. 

F1 2017, GP do Japão, Suzuka, corrida, final:

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 53 voltas  
2   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer +1.211  
3   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer +9.679  
4   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes +10.580  
5   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari +32.622  
6   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes +1:07.788  
7   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes +1:11.424  
8   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari +1:28.953  
9   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari +1:29.883  
10   19 Felipe MASSA BRA Williams Mercedes +1 volta  
11   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Honda +1 volta  
12   30 Jolyon PALMER ING Renault +1 volta  
13   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Renault +1 volta  
14   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Honda +1 volta  
15   94 Pascal WEHRLEIN ALE Sauber Ferrari +2 voltas  
16   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes +4 voltas NC
17   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault +10 voltas NC
18   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari +45 voltas NC
19   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari +49 voltas NC
20   55 Carlos SAINZ JR ESP Toro Rosso Renault +53 voltas NC

Foto: GE

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply