#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » “Obrigado por esses 16 anos, aproveitei muito disso aqui”

Após 269 Grandes Prêmios, Felipe Massa correu pela última vez na Fórmula 1. O brasileiro encerra sua carreira com um décimo lugar e um ponto conquistado na última etapa do ano em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes e termina a temporada com 43 pontos e o décimo posto no Mundial de Pilotos. Ainda no rádio da Williams, logo depois da corrida, Massa agradeceu: “Obrigado por esses 16 anos, aproveitei muito disso aqui”, Ganhou ainda mais uma homenagem: parou o carro na reta dos boxes junto das duas Mercedes, em frente à torcida, em reconhecimento que cabe apenas aos três primeiros colocados. Em entrevista ao canal Sky Sports, Massa disse ter sido um prazer e um privilégio poder disputar a categoria, sobretudo, ao lado de grandes equipes e dos melhores pilotos. “Foi um grande prazer ter estado aqui por 16 anos. Tenho muita sorte de ter passado por tudo isso por um longo tempo, correndo por muitas grandes equipes e lutando contra os melhores pilotos do mundo. Agradeço a todos vocês que me seguiram, me apoiaram durante todo esse tempo e à minha família. Tenho muita sorte de ter tudo isso na vida. Estou pronto para o próximo passo, mas foi um grande prazer”, comemorou emocionado. Sobre a corrida deste domingo, o brasileiro se disse satisfeito com o resultado: “Eu tenho que dizer que a corrida de hoje foi boa. Lutamos desde o início até o fim. Infelizmente nós perdemos uma posição depois do pit-stop, mas estou muito feliz no geral”.
A última prova da temporada 2017 de Fórmula 1 teve vitória do finlandês Valtteri Bottas, neste domingo, no Grande Prêmio de Abu Dhabi. O piloto travou batalha intensa com o britânico Lewis Hamilton, mas conseguiu levar a melhor em cima do campeão deste ano. Durante todo o embate, a Mercedes se manteve soberana no circuito. Desde a entrada na pista, o que se viu foi um desempenho constante e a busca por um melhor trajeto dos dois pilotos da escuderia alemã, em Yas Marina. Vencedor na Rússia e na Áustria, Bottas subiu no lugar mais alto do pódio pela terceira vez. Os seis primeiros colocados do grid mantiveram suas posições ao longo das primeiras voltas. Todos os pilotos largaram com pneus ultra-macios, exceto pelo sueco Marcus Ericsson, o neozelandês Brendon Hartley e o alemão Pascal Wehrlein, que começaram com super-macios. Ainda na primeira volta, o mexicano Sérgio Perez e o alemão Nico Hulkengerg se enfrentaram e saíram da pista. Ambos continuaram na disputa sem problemas. Na 22ª volta, Bottas fez seu pit stop e Hamilton conquistou seu melhor tempo até então, abrindo vantagem. Apesar de ter feito pausa rápida na 25ª etapa, quando parou, Hamilton foi superado por Bottas, que reassumiu a liderança. O australiano Daniel Ricciardo não concluiu a prova porque, na volta número 21, teve problemas hidráulicos e abandonou a disputa. Quem também deixou a pista foi o espanhol Carlos Sainz, que saiu do pit stop com as rodas soltas e não conseguiu prosseguir. Largando na décima colocação em seu adeus da F1, Felipe Massa fez grande duelo com Fernando Alonso para se manter na posição. No cockpit de sua Williams, o brasileiro viu o rival em sua cola ao longo do percurso. Massa parou na 23ª volta, quando foi superado por Alonso, que permaneceu à frente, na nona posição, até o fim corrida. 
Foto: Divulgação

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply