Últimas Notícias

Grêmio vence Pachuca na prorrogação e vai à final do Mundial de Clubes

O Grêmio está na final do Mundial de Clubes. O Tricolor garantiu a vaga após vencer o Pachuca-MEX com gol na prorrogação. Após empatar em 0 a 0 no tempo normal, Éverton fez o gol da vitória do time brasileiro na semifinal do torneio, no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain (EAU). O Grêmio aguarda o vencedor da outra semifinal, entre Al Jazira e Real Madrid, que ocorre nesta quarta-feira, para saber quem vai enfrentar na grande decisão. A final do Mundial de Clubes vai ser realizada neste sábado, às 15 horas (horário de Brasília), no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi (EAU).
Após cobrança de escanteio de Luan, aos 5 minutos, o centroavante Lucas Barrios conseguiu cabecear, mas a bola saiu para tiro de meta. Aos 7 minutos, em jogada pela esquerda de ataque, Bruno Cortez tocou para Michel que, dentro da área, cruzou rasteiro para Barrios, mas Murillo chegou primeiro e afastou o perigo. No contra-ataque, Honda recebeu a redonda perto da área adversária e arriscou o chute. A bola passou perto da trave esquerda de defesa do goleiro Marcelo Grohe. A primeira grande chance gremista foi aos 16. Em cobrança de falta próxima da esquerda da área, o lateral-direito Edílson bateu direto no gol e a bola passou perto do travessão. Em ótimo lançamento para a área, o meia Honda recebeu livre entre os zagueiros gremistas, mas, no momento da conclusão, Cortez apareceu na hora certa para afastar o perigo. Aos 29 minutos, Luan viu Ramiro entrando livre na área e ergueu a redonda para o meia. Ramiro deu apenas um toquinho na bola, que saiu pela linha de fundo. O próprio Ramiro sofreu falta na direita de ataque na entrada da grande área. O atacante Fernandinho foi para a cobrança, aos 40 minutos, mas a bola passou por cima da meta. O Pachuca-MEX quase abriu o marcador no último minuto da primeira etapa. Em contra-ataque rápido, os mexicanos tabelaram bem e Honda ficou cara a cara com o goleiro Marcelo Grohe. Contudo, no momento da conclusão, o lateral Bruno Cortez apareceu, mais uma vez, para evitar o tento adversário.
Aos 9 minutos da segunda etapa, o volante Jailson perdeu a bola no meio de campo e proporcionou um contra-ataque para os Tuzos. O atacante Urretaviscaya carregou até a entrada da área e chutou a meia altura, para grande defesa do goleiro Marcelo Grohe. Luan recebeu na intermediária, carregou a redonda e chutou rasteiro no canto. A bola ia entrar, mas o goleiro Pérez saltou e deu um toque na bola, que ainda raspou a trave antes de sair para escanteio. Aos 28 minutos, Luan fez boa jogada e sofreu falta na direita de ataque. Edílson bateu colocado e a bola bateu na rede pelo lado de fora, enganando alguns torcedores gremistas, que gritaram gol. O goleiro Pérez ficou apenas parado assistindo. Três minutos depois, Éverton recebeu dentro da área, fintou dois jogadores adversários, mas demorou muito para concluir. No momento da finalização, a bola explodiu na marcação dos mexicanos. Aos 34 minutos, após cobrança de escanteio, a zaga gremista afastou. No rebote, Urretaviscaya recebeu na direita e levantou novamente na área e Guzman desviou de cabeça. A bola passou tirando tinta da trave direita de defesa do goleiro Marcelo Grohe. Em cobrança de escanteio, aos 42 minutos, Fernandinho ergueu na área, o atacante Jael desviou e a bola ia sobrar para Luan, mas a redonda bateu na coxa e sobrou para o goleiro Pérez. Apesar da pressão final do Grêmio, ninguém balançou as redes no tempo normal e a partida foi para a prorrogação.
O gol do Grêmio veio aos 4 minutos. O lateral-esquerdo Bruno Cortez cobrou rápido o lateral para Éverton. O atacante partiu em direção ao gol e, dentro da área, bateu forte, colocado em curva, balançando as redes, para o torcedor gremista poder soltar o grito de gol. Aos 13 minutos, o Grêmio quase ampliou. Após bela troca de passes da equipe brasileira, o lateral-direito Léo Moura cruzou rasteiro e o atacante Jael quase alcançou a bola, que passou na frente da meta. No segundo tempo, o time brasileiro seguiu pressionando. Aos 2 minutos, Léo Moura recebeu livre pela direita, arrancou e fez um lançamento para Jael, mas no momento exato o zagueiro Herrera apareceu dando um carrinho, mandando para escanteio. A situação do Grêmio melhorou após Guzmán fazer faz em Léo Moura e receber o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho. Aos 6, o Grêmio balançou as redes com Jael, mas o árbitro já assinalava impedimento no lance. Um minuto depois, em contra-ataque gremista, Luan recebeu na direita, encarou a marcação e chutou na meta, mas a bola subiu muito, saindo pela linha de fundo. Ainda aos 16 minutos, Éverton quase ampliou o placar, mas mandou a finalização nas mãos do goleiro.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 x 0 PACHUCA

Local: Estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain (Emirados Árabes)
Data: 12 de dezembro de 2017, terça-feira
Horário: 15 horas (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)
Assistentes: Mark Borsch (Alemanha) e Stefan Lupp (Alemanha)
Público: 6.428 torcedores
Cartões amarelos: Kannemann, Ramiro, Jael (Grêmio), Guzman, García e Hernandez (Pachuca)
Cartão vermelho: Guzman (Pachuca)
Gols: GRÊMIO: Everton, aos 4 minutos do primeiro tempo da prorrogação

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson (Léo Moura), Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson e Michel (Everton); Ramiro, Luan e Fernandinho (Rafael Thyere); Barrios (Jael)
Técnico: Renato Gaúcho

PACHUCA: Oscar Pérez; Omar González, Óscar Murillo, Martínez e Emmanuel García (Sagal); Jorge Hernández; Urretaviscaya (Cano), Honda, Guzmán, Aguirre (Sánchez); Franco Jara (Robert Herrera)
Técnico: Diego Alonso

Foto: Divulgação/Twitter

Nenhum comentário