Colunas

Stock Car: Daniel Serra fatura título inédito da categoria em Interlagos

Pole Position: Líder desde a quinta etapa do campeonato, em Curitiba, Daniel Serra confirmou o favoritismo e faturou o título inédito da Stock Car ao terminar a 12ª prova do ano, em Interlagos, na terceira posição. Seu rival pela taça, Thiago Camilo, sofreu com problemas e chegou apenas em 14º lugar, longe da vitória de que precisava para ter chances de reverter a decisão. A vitória na prova foi de Ricardo Maurício, companheiro de Serra na Eurofarma RC.
Na largada, Thiago Camilo, pego no meio do pelotão, caiu de oitavo para 10º. Na frente, Daniel Serra mantinha a segunda colocação para, na segunda e na terceira voltas, trocar posições com o líder Ricardo Maurício, colega de equipe. Com o rendimento em queda, Camilo caiu ainda mais na sétima volta, quando foi ultrapassado por Felipe Lapenna (110 – Cavaleiro Sports). Ele devolveu a manobra no final da volta, mas aí já havia perdido ainda mais tempo em relação ao, agora líder isolado, Serra. O líder do campeonato perdeu a primeira posição nos boxes, após os pit-stops obrigatórios. Novamente Ricardo Maurício estava à sua frente, com os dois no meio do pelotão enquanto os carros que vinham em primeiro – com o gaúcho Cesar Ramos na ponta – ainda não haviam reabastecido. Ramos, no entanto, não contava com os problemas que acabara com a sua prova, um dos destaques de todo o final de semana. O piloto da Blau Motorsports teve problemas na sua parada e voltou dos boxes na 27ª colocação, sem chances de chegar a um pódio que parecia ao alcance.
Ao final da janela de pit-stops, a corrida tinha Ricardo Maurício na frente e Max Wilson em segundo, com Serra confortável na terceira colocação, o mínimo de que necessitava se Camilo vencesse. Algo que estava longe de acontecer, já que o piloto da Ipiranga seguia com problemas e havia caído ainda mais, para 13º. Terminou a prova em 14º e, pela terceira vez, completava o ano em segundo lugar. Era só administrar os minutos finais. E foi o que Daniel Serra fez até se completarem os 40 minutos, em 24 voltas. Com uma tocada tranquila, o filho do tricampeão Chico Serra, aos 33 anos, se tornou o 18º campeão da Stock Car no Brasil. Em um ano de ouro, com os destaques para as vitórias nas 24 Horas de Le Mans, na categoria GT Pro, e na Corrida do Milhão da Stock, o piloto do carro 29 da Eurofarma RC foi, merecidamente, consagrado com o seu primeiro título.
Foto: RBS

Nenhum comentário