Últimas Notícias

Santos consegue empate com novo gol de Rodrygo

O Santos, nos minutos finais, conseguiu empatar com o Ituano na noite deste domingo, no Pacaembu. O herói foi mais uma vez o atacante Rodrygo, que marcou de cabeça aos 46 minutos. Com primeiro tempo irreconhecível, o Peixe se viu dominado pelo Ituano e saiu atrás no placar, com gol de Baralhas, aos 17 minutos. Na quinta rodada, o Santos enfrentará o Palmeiras, em clássico no domingo, às 17h, na arena do rival. O Ituano receberá a Ponte Preta no sábado, às 16h30, no Novelli Junior.
Aos quatro minutos, Vanderlei já fez grande defesa em chute cruzado de Guilherme. Aos 16 minutos, o Ituano levou perigo em cobrança de falta de Marcelinho. Segundos depois, o Peixe não conseguiu mais resistir. Baralhas arriscou de fora da área, a bola desviou em Robson Bambu e matou Vanderlei. A torcida passou a vaiar Victor Ferraz a cada vez que o lateral-direito tocava na bola. Caju, Renato, Vecchio, Copete e Rodrigão também eram nulos em campo.
Aos 40 minutos, o time de Itu quase ampliou com mais uma finalização de fora da área, dessa vez de Marcelinho, para Vanderlei espalmar. Apenas no fim do primeiro tempo, o Santos acordou. Primeiro, aos 42 minutos, com triangulação entre Vecchio, Caju e Arthur, que terminou com cruzamento cortado. Depois, aos 44, quando Copete arriscou de longe e Vagner espalmou para escanteio. Nos acréscimos, Caju foi recuar e furou. Marcelinho arrancou, perdeu ângulo, e chutou na rede pelo lado de fora. 
O Santos voltou para o segundo tempo com Jean Mota na vaga de Matheus Jesus e Eduardo Sasha no lugar do Rodrigão. Aos três minutos, os que entraram já criaram boa chance. Cruzamento de Jean e Sasha cabeceou perto da trave esquerda do goleiro Vagner. Na sequência, Jean Mota criou outras duas boas chances. Primeiro cobrou falta para Bambu cabecear por cima. Depois, levantou na cabeça de Sasha, que exigiu uma grande defesa de Vagner. Em seis minutos, o Peixe criou bem mais do que em todo o primeiro tempo. Aos 10 minutos, mais uma chance para o alvinegro. Vecchio driblou o marcador e chutou, com a canhota, da entrada da área para mais uma boa defesa de Vagner. Quando o placar marcava 20 minutos, o Ituano quase ampliou. Guilherme arriscou da entrada da área e a bola passou perto da trave esquerda de Vanderlei. O Santos respondeu em finalização de longe de Renato. Vagner espalmou para escanteio.
Aos 24 minutos, o Ituano teve mais uma grande chance. Claudinho, na pequena área, se antecipou a Bambu e chutou para ótima defesa de Vanderlei. O Santos voltou a criar uma chance aos 30, quando Sasha roubou e lançou Rodrygo. O jovem chutou cruzado, fraco, e a bola saiu para tiro de meta. Uma situação curiosa ocorreu com Victor Ferraz. O lateral-direito teve um problema no ombro e terminou o jogo com uma proteção, atuando no ataque. Aos 37 minutos, o Ituano desperdiçou mais uma oportunidade de matar o jogo. Ronaldo saiu cara a cara com Vanderlei, driblou o goleiro e chutou por cima do gol. Quando tudo caminhava para o empate, brilhou a estrela de Rodrygo. Assim como na vitória contra a Ponte Preta, com gol dele nos acréscimos, o garoto marcou de novo, evitando a derrota no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
Santos 1 x 1 Ituano

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 28 de janeiro de 2018, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Herman Brumel Vani e Alex Ang Ribeiro
Público e Renda: 13.609/Renda: R$ 330.440,00
Cartões amarelos: SANTOS: Copete e Matheus Jesus ITUANO: Tony, Claudinho, Juninho e Marcos.

GOL
Santos: Rodrygo, aos 46 do 2T.
Ituano: Baralhas, aos 17 do 1T.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Robson Bambu e Caju (Rodrygo); Matheus Jesus (Jean Mota), Renato e Vecchio; Copete, Arthur Gomes e Rodrigão (Eduardo Sasha).
Técnico: Jair Ventura

ITUANO: Vagner, Igor, Ricardo Silva, Léo e Raul; Baralhas (Marcos), Tony e Guilherme; Claudinho (Juninho), Marcelinho (Giba) e Ronaldo.
Técnico: Vinicius Bergantin.

Foto: Sergio Barzaghi

Nenhum comentário