Colunas

Santos vence a Ponte Preta de virada em Campinas

O Santos venceu a Ponte Preta, de virada, por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, no Moisés Lucarelli, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Na quarta rodada, o Santos enfrentará o Ituano, domingo, às 19h30, no Pacaembu. A Ponte Preta visitará o São Bento, no mesmo dia, só que às 17h.
Aos oito minutos, a Macaca aproveitou a primeira oportunidade. Felippe Cardoso driblou David Braz, passou fácil por Caju e cruzou. Léo Arthur dividiu com Victor Ferraz, levou a melhor e, sem ângulo, chutou por baixo das pernas de Vanderlei. A chance de empatar veio só aos 25 minutos, quando Luiz Felipe, livre na pequena área, cabeceou por cima do gol. Aos 31 minutos, Léo Arthur driblou Alison na intermediária ofensiva e finalizou com perigo, à direita do gol de Vanderlei. Cinco minutos depois, Arthur Gomes arriscou de fora da área, Rodrigão não alcançou e a bola passou perto da trave esquerda do goleiro Ivan. No fim do primeiro tempo, Victor Ferraz cobrou falta, quase que da linha da área, na barreira. Na sequência, Caju bateu quatro escanteios consecutivos no primeiro pau.
Na segunda etapa, aos oito minutos, Vecchio chutou de primeira de fora da área para grande defesa do goleiro Ivan. Aos 11, Copete chutou cruzado para nova defesa do Ivan. A pressão, porém, parou nesses dois lances. O jogo caminhava para a vitória dos donos da casa, até que brilhou a estrela de Eduardo Sasha, que substituiu Rodrigão no segundo tempo. O atacante, de cabeça, aproveitou bom cruzamento de Copete para empatar aos 28 minutos. Aos 29 minutos, Felipe Saraiva quase fez de fora da área. Na sequência, Vecchio deu lindo passe para Arthur Gomes. Cara a cara com Ivan, o atacante cavou e a bola passou perto da trave. Aos 36 minutos, nova falta para o Santos na entrada da área. Jean Mota acertou a barreira. No rebote, o próprio Jean finalizou por cima do gol. Dois minutos depois, Vecchio deu nova assistência para Copete, que chutou cruzado para mais uma boa defesa de Ivan. Quando o placar marcava 41 minutos, Vecchio apareceu de novo. Destaque no segundo tempo, o argentinou arriscou, com a canhota, de fora da área. Bola passou raspando o travessão. Segundos depois, Felippe Cardoso teve duas chances de desempatar. Na primeira, chutou cruzado. Depois do bate-rebate, chutou mascado e a bola quase traiu Vanderlei. Nos acréscimos, brilhou a estrela do garoto Rodrygo. O atacante recebeu de Vecchio, driblou Emerson e chutou no canto de Ivan para dar a vitória ao Santos em Campinas.

FICHA TÉCNICA
Ponte Preta 1 x 2 Santos

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 25 de janeiro de 2017, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Vitor Carmona Metestaine
Público e renda: 3032/R$ 51.100,00
Cartões amarelos: PONTE PRETA: Tiago Real, Marciel, Renan Fonseca, Jeferson, Ronaldo e Marquinhos. SANTOS: Copete, Vecchio e David Braz.

GOL:
Ponte Preta: Léo Arthur, aos 8 do 1T;
Santos: Eduardo Sasha e Rodrygo, aos 28 e 47 do 2T.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Caju; Alison, Matheus Jesus (Jean Mota) e Vecchio; Copete, Arthur Gomes (Rodrygo) e Rodrigão (Eduardo Sasha).
Técnico: Jair Ventura

PONTE PRETA: Ivan, Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; Marciel (Ronaldo), Tiago Real e Léo Artur (Thiaguinho); Silvinho (Marquinhos), Felipe Saraiva e Felippe Cardoso.
Técnico: Eduardo Baptista

Nenhum comentário