Últimas Notícias

"Dorival, quebra o meu galho": Com protestos da torcida, São Paulo apenas empata

Dorival Júnior tem o futuro técnico cada vez mais incerto no São Paulo. Na tarde desse domingo, o Tricolor ficou no 0 a 0 com a Ferroviária pela nona rodada do Campeonato Paulista e chegou ao terceiro jogo seguido sem sair de campo com os três pontos. Com 11 pontos, o tricolor ainda lidera o grupo B, porém, pode perder o posto até o complemento da rodada. Por outro lado, a Ferroviária segura a lanterna do grupo C, com 10 pontos. A pressão se estende para quarta-feira, quando o São Paulo volta ao Morumbi para o primeiro duelo contra o CRB, pela terceira fase da Copa do Brasil. No Campeonato Paulista, o time encara a Linense no Gilbertão, domingo, às 19h30. A Ferroviária pega o Mirassol na sexta, às 19h15, na Fonte Luminosa, em Araraquara.
Dorival promoveu a primeira atuação de Valdívia como titular no lugar de Nenê. O primeiro tempo terminou com apenas uma chance real dos mandantes, em cobrança de falta. Diego Souza, mais uma vez apagado e lento, cobrou com categoria e viu o goleiro Tadeu buscar a bola no ângulo. Na etapa final, Diego Souza, deu lugar a Tréllez com dez minutos. Dorival foi chamado de burro quando sacou Valdívia para colocar Nenê em campo. O jovem Paulinho ainda entrou no lugar de Marcos Guilherme. Petros e Hudson ficaram até o fim, apesar dos visitantes pouco avançarem além do meio de campo. Militão, Cueva e Paulinho tiveram chances claras, cara a cara, mas todos pararam no goleiro Tadeu. Após o apito final, os protestos se intensificaram e as vaias foram ainda mais altas. Para a Ferroviária, que luta contra o rebaixamento, o empate fora de casa contra o São Paulo ficou de bom tamanho, principalmente pelo fato do time pouco ter chutado a gol.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 FERROVIÁRIA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de fevereiro de 2018, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Vitor Carmona Metestaine
Cartões amarelo: Hudson, Éder Militão (SP);
Renda: R$ 293.992,00
Público: 11.434 total

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros e Hudson; Marcos Guilherme (Paulinho), Valdívia (Nenê) e Cueva; Diego Souza (Tréllez)
Técnico: Dorival Júnior

FERROVIÁRIA: Tadeu, Alisson, Patrick, Luan, Velicka, Bruno Silva, Moacir, Íkaro (Elvis), Hygor (Fábio Souza), Leo Castro e Welinton Jr (Marco Damasceno)
Técnico: PC Oliveira

Foto: Sergio Barzaghi

Nenhum comentário