Últimas Notícias

Em jogo de 'gols contras', Red Bull e Corinthians empatam em Campinas

O Corinthians, na noite desta segunda-feira, no encerramento da oitava rodada do Campeonato Paulista, não passou de um empate por 1 a 1 com o Red Bull Brasil no Moisés Lucarelli. O jogo teve dois gols contra na final. Com Tiago Alves, do Red Bull para o Corinthians, completando um chute cruzado de Clayson para dentro e com Juninho Capixaba ao cabecear a bola para o alto quando Cássio deixava a meta. O resultado levou o Corinthians aos 13 pontos ganhos, ainda na liderança do grupo A do Estadual. O Red Bull contabiliza agora 11 pontos na chave D – o líder Santos totaliza 14 – e só voltará a atuar pelo Campeonato Paulista na segunda-feira que vem. O adversário será o Ituano, no Novelli Júnior.
Após o veterano Éder Luís acertar a trave em uma tentativa de fora da área, Júnior Dutra fez bom passe para Rodriguinho chutar em cima do goleiro. Pouco depois, Clayson partiu em velocidade pela ponta direita e finalizou cruzado, com ainda mais força. Julio Cesar não sofreu o gol.
Renê Júnior foi testado no lugar do preservado Gabriel, e se apresentava constantemente no ataque. Camacho, ao contrário, não conseguiu cumprir a missão de melhorar o aproveitamento de passes da equipe na vaga de Jadson. Ele errava tanto quanto Rodriguinho, Júnior Dutra e os demais.
Carille fez o seu time voltar do vestiário para a disputa da etapa final com a troca de Camacho por Maycon. Aos três minutos, Fagner levantou a torcida com uma conclusão perigosa de longa distância, para fora. Aos sete, Clayson recebeu a bola na ponta e chutou no canto. A bola tocou em Tiago Alves, do Red Bull, e entrou. Pelos mandantes, Claudinho acabou substituído por Thomaz. Aos 23 minutos, Juninho Capixaba cabeceou a bola para o alto quando Cássio deixou o gol e foi mais um a anotar contra no Moisés Lucarelli.
Capixaba, que se lesionou, saiu logo depois. Carille apostou na entrada de um novo volante, Gabriel, e deslocou Maycon para a lateral esquerda. Emerson Sheik ainda foi acionado no posto de Clayson. Aos 34 minutos, Sheik brigou pelo alto com Everton Silva – e cometeu a falta, na visão do árbitro Vinícius Furlan – antes de Rodriguinho marcar o gol anulado, que seria o da vitória, que não veio. As vaias vieram ao final dos noventa minutos.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRASIL 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 19 de fevereiro de 2018, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Furlan (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Público: 7.027 pagantes (total de 7.439)
Renda: R$ 297.219
Cartões amarelos: Everton Silva, Anderson Marques e André Castro (Red Bull Brasil); Camacho, Renê Júnior, Emerson Sheik e Henrique (Corinthians)
Gols: RED BULL BRASIL: Juninho Capixaba, aos 23 minutos do seguno tempo; CORINTHIANS: Tiago Alves (contra), aos 7 minutos do primeiro tempo

RED BULL BRASIL: Julio Cesar; Everton Silva, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Éder, Claudinho (Thomaz), Éder Luís (Doriva) e Deivid (Matheus Oliveira); Ricardo Bueno
Técnico: Ricardo Catalá

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Juninho Capixaba (Gabriel); Renê Júnior, Camacho (Maycon), Romero, Rodriguinho e Clayson (Emerson Sheik); Júnior Dutra
Técnico: Fábio Carille

Foto: Fernando Dantas

Nenhum comentário