Notícias

Ituano derrota São Paulo, com Cueva desperdiçando pênalti

O São Paulo amargou a sua segunda derrota consecutiva durante a noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio Novelli Júnior, o time tricolor saiu atrás no primeiro tempo. Empatou no começo do segundo, mas Cueva desperdiçou um pênalti no último minuto e perdeu para o Ituano, por 2 a 1, em duelo atrasado da sétima rodada do Campeonato Paulista. O São Paulo permanece no primeiro lugar do Grupo B, com dez pontos ganhos, os mesmos da Ponte Preta, que tem uma vitória a menos. O Galo de Itu, por sua vez, assumiu a vice-liderança do Grupo A, com 11 pontos, dois a menos que o Corinthians. O Tricolor buscará se reabilitar no torneio diante da Ferroviária, a partir das 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Morumbi. Já o Ituano tentará engrenar contra o Red Bull Brasil, na próxima segunda-feira, às 17h30, novamente no Novelli Júnior.
O Ituano abriu o placar aos 22 minutos, quando Guilherme deu bom passe entre os zagueiros e deixou Ronaldo cara a cara com Sidão. O atacante finalizou rasteiro, entre as pernas do goleiro, e comemorou pedindo silêncio à torcida, que o xingava antes do gol. Aos 31 minutos, após cobrança de escanteio e bate-rebate, Jucilei arriscou de fora da área, a bola sofreu desvio no meio do caminho e exigiu grande defesa do goleiro Vagner. Aos 42, Cueva se livrou de dois marcadores na habilidade e saiu na cara de Vagner. O peruano chutou para fora. Dois minutos depois, Diego Souza recebeu em posição irregular e marcou, mas o gol foi invalidado.
O São Paulo voltou para a etapa complementar com Valdívia e Tréllez nos lugares de Nenê e Diego Souza. Aos seis minutos, Valdívia avançou pela esquerda e tocou para Reinaldo, que fez a ultrapassagem. O lateral cruzou na área e a defesa afastou parcialmente. Na sobra, Cueva emendou de esquerda, a bola desviou no zagueiro e parou no fundo do gol. Cueva fez grande jogada e deu de calcanhar para Marcos Guilherme, que finalizou da entrada da área, exigindo boa defesa de Vagner. Aos 16 minutos, Marcelinho cruzou pela direita na cabeça de Alison, que, entre Bruno Alves e Cueva, subiu para testar no canto direito de Sidão e recolocar o Galo de Itu na frente. Aos 23, Reinaldo aproveitou sobra de jogada de Valdívia e chutou cruzado da esquerda. Vagner se esticou todo e mandou para escanteio. Com dores na coxa direita, Jucilei teve de sair para a entrada de Shaylon. Tréllez foi derrubado na área por Igor Vinicius. Na cobrança do pênalti, Cueva bateu no canto direito do goleiro Vagner, que foi buscar.

FICHA TÉCNICA
ITUANO 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 21 de fevereiro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Alberto Poletto Masseira
Público: 5.203 torcedores
Renda: R$ 211.840,00
Cartão Amarelo: Raul e Marcelinho (Ituano); Reinaldo (São Paulo)
Cartão Vermelho: –
Gols:
ITUANO: Ronaldo, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Alison, aos 16 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Cueva, aos seis minutos do segundo tempo

ITUANO: Vagner; Igor, Léo, Alison (Rodrigo Sam) e Raul; Baralhas, Marcelinho, Marcos Serrato (Tony) e Guilherme; Ronaldo (Júnior Santos) e Claudinho
Técnico: Vinícius Bergantin

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio , Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei (Shaylon), Hudson, Marcos Guilherme e Nenê (Valdívia); Cueva e Diego Souza (Tréllez)
Técnico: Dorival Júnior

Foto: Djalma Vassão

Nenhum comentário