Notícias

Com protestos e Aguirre escalando, São Paulo vence RB Brasil

No Morumbi, na tarde desse domingo, se viu um protesto da maior organizada do clube antes da bola rolar e um São Paulo escalado por André Jardine, a pedido de Diego Aguirre, presente nos camarotes ao lado da direção de futebol do clube. A vitória veio de virada por 3 a 1 do Tricolor. O resultado garantiu a equipe são-paulina na liderança do grupo B do Campeonato Paulista, com 17 pontos, dois a mais que o São Caetano. Por isso, o Azulão terá de enfrentar o São Paulo como mandante no próximo fim de semana, quando as quartas de final serão abertas, enquanto o Tricolor, no meio de semana seguinte, jogará em casa para definir a vaga às semifinais. Agora, antes de pensar no São Caetano, a equipe tricolor terá o CRB pela terceira fase da Copa do Brasil, na quarta-feira, em Maceió. O duelo de ida teve vitória são-paulina por 2 a 0.
Entre poupados e opções fora de ação por qualquer questão física, Jardine não contou com Cueva, Hudson, Militão, Sidão, Reinaldo, Edimar, Jucilei e Anderson Martins. Chance, então, para Caíque, Pedro, Júnior Tavares, Bruno, Tréllez e Aderllan. No primeiro tempo, o goleiro Jean, famoso por trabalhar bem com os pés, errou em uma saída de bola e gerou o primeiro gol da partida. Edmílson aproveitou a bobeada e mandou para as redes. Mas após, Nininho marcou um gol contra após Nenê receber a bola de Petros e realizar um cruzamento, que antes de chegar em Caíque, foi parar nas redes de Júlio César.
Na segunda etapa, com Marcos Guilherme no lugar de Tréllez e Liziero na vaga de Pedro, o São Paulo ainda teve  Valdívia no lugar de Caíque. O cabeludo participou da jogada que culminou no gol de Arboleda, de cabeça, após a falta ser cobrada por Júnior Tavares, e deu uma linda assistência para Marcos Guilherme garantir a vitória de virada. No fim, o São Paulo conseguiu amenizar a crise e até receber aplausos.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 1 RED BULL BRASIL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 11 de março de 2018, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Fabricio Porfirio de Moura e Enderson Turbiani da Silva
Cartões amarelos: Pedro (SPFC); Rayne, Nininho (RBB)
Público: 9.226 torcedores
Renda: R$ 229.340,00

GOLS
São Paulo: Nininho (contra), aos 31 minutos do 1T. Arboleda, aos 22, e Marcos Guilherme, aos 26 minutos do 2T
Red Bull Brasil: Edmílson, aos 8 minutos do 1T

SÃO PAULO: Jean; Bruno, Arboleda, Aderllan e Júnior Tavares; Petros e Pedro (Liziero), Nenê e Diego Souza; Caíque (Valdívia) e Tréllez (Marcos Guilherme)
Técnico: André Jardine (interino)

RED BULL BRASIL: Julio Cesar; Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Rayne (Doriva), Thomaz (Matheus Oliveira) e Claudinho; Edmilson (Tatá) e Eder Luis
Técnico: Ricardo Catalá

Foto: Divulgação/Twitter

Nenhum comentário