Colunas

Conheça o Deportivo Lara, adversário do Corinthians na Libertadores

Adversário é pouquíssimo conhecido no futebol brasileiro, mas venceu na estreia

A comissão técnica do Corinthians já tem em mãos uma análise dos principais pontos fortes e fracos do Deportivo Lara, da Venezuela, segundo adversário da equipe na Taça Libertadores, em jogo marcado para quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians. O departamento de análise de desempenho (Cifut) e o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, destrincharam as características da equipe, que venceu o Independiente, da Argentina, na estreia.
– O Lara é um time de muita marcação, que aperta muito o homem da bola. Tem muito definido o lado que sai mais e o lado que sai menos. Ainda vou receber mais informações para fazermos um grande jogo na quarta-feira – disse o técnico Fabio Carille na última sexta.
Foi originalmente fundado como o Club Deportivo Lara em 2 de julho de 2009. O novo conselho de administração apostou no futebol no estado de Lara e esta equipe foi criada sob o slogan de Cree en Lara. Em 2010, a equipe sela seu ingresso para a Copa Sudamericana 2010, depois de terminar em 4º na temporada de primeira divisão de 2009/10. Depois de uma temporada de sonhos, a caixa vermelha e preta consegue se tornar absoluta campeã da venezuelana Primeira Divisão 2011/12 ao vencer o Torneio Apertura 2011 invicto, e também ganhou o Torneio Clausura 2012, além de obter um lugar para a Copa Sul-Americana 2012 e a Copa Libertadores 2013. No final da temporada 2011-2012, o clube sofreu fortes problemas monetários, pois enfrentou uma terrível crise financeira que o levou a acumular uma dívida de até 30 milhões de bolívares. Graças à ajuda do governo Larense, a dívida poderia ser reembolsada e o equipamento era principalmente de propriedade do Estado do Governo de Lara. Em 2014, Rafael Dudamel chegou ao banco Larense depois de comandar a equipe Vinotinto U-17.
Dudamel seria contratado pela Federação Venezuelana de Futebol para assumir o cargo de treinador da U-20 em 2015 e depois de um semestre em que dividiu suas atividades, ele se afastou para o Torneio Apertura de 2016. Então assumiu o seu assistente técnico, Ali Cañas, que ele não conseguiu manter a regularidade dos resultados e foi demitido em julho daquele ano. Após algumas passagens frustradas de outros treinadores, se chegou ao atual, Leonardo Álvarez, que é o treinador e ídolo da torcida do Deportivo Lara. O comandante colocou a equipe na decisão do Campeonato Venezuelano na temporada passada. O meia-atacante Ely Valderrey é o principal jogador do time venezuelano. O veterano de 31 anos costuma deixar os atacantes na cara do gol. O restante da da equipe tem Carlos Salazar; Daniel Carillo, Giácomo Di Giordi, David Mendoza e Ignacio Anzola; Bucobo, Pedro Paredes, Carlos López, Hebert Soto e Juan Falcón.

Foto: AFP

Nenhum comentário