Notícias

Corinthians reverte desvantagem, derrota Bragantino e avança às semifinais do Paulistão

Na noite desta quinta-feira (22) o Corinthians derrotou o Bragantino por 2 a 0. Com o resultado, o time reverteu a vantagem do time do interior e se classificou às semifinais para enfrentar o São Paulo.

O jogo

No princípio da partida o Corinthians tentou se impor desde o primeiro minuto, e não poderia ser diferente. O Bragantino por sua vez, diferentemente do que fez no Pacaembu, baseava seu jogo na marcação forte buscando contragolpes.

O time da casa tropeçava na própria lentidão. Com a compacta defesa do Massa Bruta, o alvinegro carecia de movimentação. O único que se mexia bastante e buscava atalhos no ataque era Clayson. Aliás, o lance de maior perigo foi dele. Recebeu bom passe de Mateus Vital, dominou girando o corpo e bateu rasteiro, lambendo a trave do goleiro Alex Alves.

Aos 28 minutos, chance clara de gol para o Timão. Jogada individual de Ralf pela direita, que cruzou e a bola sobrou para Junior Dutra que mandou a bola no metrô Itaquera. GOL! No lance seguinte, Sidcley chutou forte cruzado, ao tentar o corte, o zagueiro Guilherme Mattis mandou a bola contra seu gol.

O Bragantino esboçou uma tentativa de reação, mas sem oferecer periogo ao gol de Cássio. 

GOLAÇO!!! Maycon arriscou chute de fora da área. A bola acertou o ângulo do arqueiro do Bragantino. 2 a 0 Timão.


Na volta dos vestiários, apesar de se esperar o contrário, o Corinthians voltou pressionando e o Bragantino seguia acuado.
Os donos da casa perderam chances de ampliar o placar com Rodriguinho. O Bragantino assustou aos de verdade aos 26, com cabeçada perigosa de Lázaro. Os visitantes tentavam adiantar a linha de marcação, mas o Corinthians seguia dominando as ações do jogo.
Mateus Vital aos 36 minutos chutou de fora da área, obrigando Alex Alves a realizar boa intervenção. O Bragantino tentou, mas hoje a atuação do Corinthians foi quase impecável.

Opinião

O Corinthians se impôs como faz na maioria das vezes em que atua na sua Arena. Mas desta vez, fez isso jogando bem dentro das suas possibilidades técnicas. O jogo pedia velocidade, dribles e arremates de fora da área. O Timão conseguiu acelerar o jogo quando necessário, Clayson driblou algumas vezes para quebrar a marcação dos visitantes, e chutou de fora da área quando pôde. Numa dessas inclusive, Maycon marcou um lindo gol.

O jogo foi corrido, desgastante, mas o Corinthians fez uma boa partida. Destaques para as investidas pela esquerda de Clayson, Mantuan que depois de um primeiro tempo aparentemente nervoso, fez uma etapa final excelente e Ralf, que impressiona depois de voltar da China continua sendo uma barreira à frente da zaga. Destaque negativo fica com Junior Dutra.

No geral, as modificações de Carille surtiram efeito, o time respondeu bem em campo, se classificou e agora terá o São Paulo nas semifinais.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo para enfrentar o São Paulo no Morumbi às 16h (de Brasília). A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, em Itaquera, às 21h45.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 BRAGANTINO
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data: 22 de março de 2018 (quinta-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Público: 33.192 Renda: R$ 1.554.163,00
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Gol: Sidcley 30’; Maycon 44’ do 1º tempo (CORINTHIANS)
Cartões amarelos: Balbuena (Corinthians)  
                                William Schuster, Diego Macedo (Bragantino)
CORINTHIANS: Cássio, Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Mateus Vital (Romero), Rodriguinho e Clayson (Pedrinho); Júnior Dutra. Treinador: Fábio Carille.

BRAGANTINO: Alex Alves, Diego Macedo, Guilherme Mattis, Lázaro e Fabiano (Gerley); Adenilson, William Schuster e Vitinho; Danilo Bueno (Artur), Léo Jaime (Ítalo) e Matheus Peixoto.
Treinador: Marcelo Veiga.

Nenhum comentário