Últimas Notícias

São Caetano vence São Paulo na ida das Quartas do Paulista

Na primeira partida das Quartas de Finais do Campeonato Paulista, o mandante São Caetano saiu na frente do São Paulo na disputa pela classificação a fase seguinte. O Estádio Anacleto Campanella, que recebeu pouco mais de seis mil pagantes, três mil a menos que a última partida entre as equipes no mesmo local antes de o Azulão ir visitar a Série A2 do Estadual, de onde retornou neste ano de 2018. As expectativas da partida antes de a bola rolar se concentravam nos bancos de reservas, mais especificamente nos treinadores: o reencontro de Pintado com o São Paulo, clube em que em 2017 foi auxiliar e mesmo treinador interino em algumas oportunidades, além de ter uma história vitoriosa no Tricolor como jogador, mas agora comandando o São Caetano. E por outro lado, Diego Aguirre estreando de fato como comandante do São Paulo, após ter o seu visto de trabalho no país regularizado.
A escalação titular do Tricolor teve alguns nomes que o torcedor poderia esperar que estivessem na reserva, como o pouco produtivo Diego Souza e o experiente Nenê. Mas os desfalques por lesão de Hudson e Trellez, diminuíram as opções de escolhas do uruguaio. O primeiro lance de perigo foi visitante. Nenê lançou da esquerda e Diego Souza não conseguiu o domínio, na sobra Valdívia chutou e Paes ficou com a menina. Na sequência, a resposta mandante, Ferreira chegou em velocidade pela direita e cruzou dentro da grande área, mas Jean tirou a bola de soco. Aos dez, foi em um contra-ataque que Ferreira tocou para Nonato dentro da grande área, mas Jean ficou com a bola. Alex Reinaldo, homem de confiança de Pintado, cobrou uma falta da esquerda e a bola passou com perigo no lado direito do gol de Jean. Arboleda passou para Eder Militão na direita, que cruzou e Diego Souza cabeceou em cima de Sandoval. Chiquinho cruzou a bola da esquerda e Max cabeceou para baixo, a bola passou próxima a trave esquerda do São Paulo. Após a parada técnica, para hidratação pelo forte calor no ABC, e antes do intervalo, Chiquinho cruzou na área, Junior Tavares tirou e Nonato chutou para grande defesa de Jean.
Na segunda etapa, mais uma vez Chiquinho chegou com perigo, logo no inicio. Pela esquerda, ele cruzou para dentro da área, a bola ainda passou por Nonato e Ermínio e foi para a linha de fundo. Aos sete minutos passados, o mesmo Chiquinha voltou ao ataque e em novo cruzamento, Ermínio tirou a bola de Petros e chuta para defesa de Jean. No minuto seguinte, o gol do jogo. Ninguém voltou para ajudar Júnior na marcação, Diego Rosa cruzou da esquerda, Jean sai muito mal do gol e Chiquinho chutou forte com o gol livre para abrir o placar. Buscando uma reação, o São Paulo chegou ao ataque no minuto seguinte. Militão tocou para Diego Souza na grande área, mas o atacante estava em posição avançada. Aguirre decidiu mudar aos quinze. Cueva e entrou Marcos Guilherme saiu. O peruano agora volta em uma hipotética final que o São Paulo chegue, pois vai defender a seleção peruana. O atacante entrou e Valdívia cruzou da esquerda, Nenê tocou de cabeça e Marcos Guilherme chutou por cima do gol de Vinicius Paes. Aos dezenove, Marcos Guilherme tocou para Nenê no meio, que carregou e chutou por cima do gol do São Caetano. Buscando mais força no ataque pela direita, Aguirre sacou Eder Militão e colocou Bruno. Aos trinta e um, Vinicius Kiss lançou para Diego Rosa, mas o jogador estava em posição irregular. Em um último suspiro, Diego Souza roubou a bola de Vinicius Kiss, correu o campo todo e chutou no meio para a defesa de Vinicius Paes. Nem a entrada de Liziero na vaga de Jucilei mudou o panorama da partida. O São Caetano foi superior e efetivo na sua proposta de jogo, enquanto o São Paulo esteve perdido em todas as suas ações e não foi, ao menos por hoje, um novo comando que deu a técnica necessária ao Tricolor para vencer, perdida aliás a alguns anos.

FICHA TÉCNICA
SÃO CAETANO 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano (SP)
Data: 17 de março de 2018, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani e Alberto Poletto Masseira (ambos de SP)
Público: 5.224 pagantes
Renda: R$ 208. 700,00
Cartão Amarelo: Vinícius Kiss (São Caetano); Rodrigo Caio (São Paulo)
Cartão Vermelho: –
Gol:
SÃO CAETANO: Chiquinho, aos sete minutos do segundo tempo

SÃO CAETANO: Paes; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Ferreira, Vinícius Kiss (Cristian), Nonato (Niltinho) e Chiquinho; Ermínio (Stéfano Yuri) e Diego Rosa
Técnico: Pintado

SÃO PAULO: Jean; Éder Militão (Bruno), Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei (Liziero) e Petros; Nenê, Cueva (Marcos Guilherme) e Valdívia; Diego Souza
Técnico: Diego Aguirre

Foto: Fernando Dantas

Nenhum comentário