Colunas

Treinador: Ponte deve escolher Doriva ou Zago para a Série B

A Macaca tem agido com cautela para escolher melhor nome para iniciar o planejamento para o Campeonato Brasileiro.

Enquanto João Brigatti comanda o time na Copa do Brasil e no Troféu do Interior, a diretoria da Ponte-Preta estuda opções no mercado para minimizar a chance de fracasso na Série B do Campeonato Brasileiro. Entre os nomes cotados para substituir o demitido Eduardo Baptista, estão Doriva e Antônio Carlos Zago. Outros também fazem parte da discussão entre o diretor de futebol Ronaldão e o presidente José Armando Abdalla, todos com prós e contras.
Doriva já trabalhou no clube por um breve período em 2015, mas está empregado. Ele é o técnico do Novorizontino, que vai enfrentar o Palmeiras nas quartas de final do Paulistão. O andamento das conversas depende da classificação ou eliminação da equipe. Por sua vez, Antônio Carlos Zago recentemente deixou o comando do Juventude. Com experiências por Palmeiras, São Caetano, Internacional e Fortaleza, o ex-zagueiro de 48 anos é um nome que agrada o departamento de futebol, mas a questão financeira é um ponto a se discutir.
Ambos trabalharam com Ronaldão no início dos anos 90, pelo São Paulo. Outros nomes são discutidos nos corredores do Moisés Lucarelli, mas não há pressa para tomar a decisão. Até porque a Ponte precisa, além de contratar um novo técnico, pagar o que deve a Eduardo Baptista, cujo contrato ia até o fim de 2018. A Ponte decide uma vaga na quarta fase da Copa do Brasil na quinta-feira, contra o Sampaio Corrêa, em São Luis. No domingo, tem pela frente a Ferroviária, em Araraquara, pelo Troféu do Interior.
Foto: Reprodução Twitter

Nenhum comentário