Últimas Notícias

Diego Aguirre comenta sobre possível saída de Eder Militão


Éder Militão, subiu da base para o futebol profissional em 2017, quando Rogério Ceni, hoje, técnico do Fortaleza, treinava o São Paulo.

O vínculo contratual de Militão é até janeiro de 2019, porém o jogador pode assinar um pré-contrato com qualquer outro Clube em julho.

 O jogador é uma peça importante no time titular do técnico mas Aguirre diz ja estar se preparando para a possível saída do jogador.

— "Na janela de Junho outros jogadores podem sair, é uma coisa que acontece. Gosto muito de Militão tem um nível excelente. Se ele for embora temos que estar preparados e buscar outra alternativa" - declarou Aguirre

A busca pela renovação do jogador se faz presente na pauta da diretoria desde 2016, quando ainda coordenado por Pinotti.
De acordo com o novo dirigente do São Paulo, Raí, já foram feitas três propostas aos seus empresários e so atleta, todas foram negadas.

O São Paulo se vê cada vez mais longe de conseguir a permanência do atleta no Clube, mas Diego Aguirre decide optar por uma posição otimista:

—" Meu desejo é que ele fique. É um jogador muito importante, é um desejo da torcida e da diretoria, mas as vezes isso não é suficiente para que ele fique. Há coisas que precisam acertar, mas tenho confiança que não vamos perder o jogador e que vá acertar alguma coisa  para que ele possa continuar conosco. " - Finalizou Aguirre.

Nenhum comentário