Notícias

Corinthians: empate em Recife em meio a verdades e mentiras


Neste domingo (20) o Timão com equipe mista foi a Recife e voltou com empate na bagagem diante do Sport por 1 a 1. O time de Fábio Carille abriu o marcador com um gol do atacante Roger, o primeiro dele com a camisa alvinegra.

Atacante Roger marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians

Entre verdades e mentiras, o Corinthians na verdade não está nem perto de ter uma campanha inicial de Brasileirão compatível com a de 2017, que na verdade foi bem fora da curva.

A verdade de Fábio Carille faz mais sentido nos discursos de 2018: o time se classificou na Libertadores e Copa do Brasil, e de momento está no pelotão da frente do certame nacional, objetivos mínimos que dizia buscar em 2017 e hoje mais factível e condizente com a verdade do elenco.

Porém, após o confronto em Recife, o comandante alvinegro resolveu atacar parte da imprensa na entrevista coletiva. Negou a existência de uma proposta do Al-Hilal da Arábia Saudita, após uma semana em que seu próprio pai, Sr. Joaquim Carille disse em entrevista a rádios e TVs sobre a proposta irrecusável que seu filho teria recebido.

O treinador, faz na verdade um trabalho irrepreensível no comando do Timão. Quanto às mentiras, Carille irritado subiu o tom ao acusar “grande parte da imprensa” de mentirosa.

Entendo que foi um erro de Carille, e suas colocações foram no mínimo duvidosas ao longo da semana, para não dizer mentirosas. Devemos acreditar que ele sairia por caminhões de dinheiro, em seu pai que afirmou que Carille tinha proposta ou na imprensa, que apura, questiona e publica apenas o que ouviu?

Em meio a contestação do que disseram seu pai e a imprensa, melhor lavar a roupa suja em casa.

Nenhum comentário